segunda-feira, outubro 31, 2011

Antigo assessor de Daviz Simango perde a vida em Portugal

- Trata-se de Alexandre Júnior (Alex), indivíduo que logo a seguir a independência em Moçambique conviveu bastante com a elite política da Frelimo.
O antigo assessor de marketing e imagem de Daviz Simango, presidente do Município da Beira e do Movimento Democrático de Moçambique (MDM), perdeu a vida semana passada (23 de Outubro) em Cascais, Portugal, vítima de doença.

Campanha eleitoral numa praça na Suécia

Nesta praça estão instaladas barracas de quase todos os partidos concorrentes. No meio está a Rádio Sueca (SR) a dar antena aos partidos políticos.
Os cidadãos, querendo, vão de barraca em barraca ou de partido em partido para recolher brochuras ou fazer perguntas aos delegados partidários sobre diversos assuntos relacionados aos manifestos partidários.
Escolas e sobretudo professores da disciplina de eduçacão cívica aproveitam este momento para levarem os alunos a aprofundarem o tema sobre a democracia na Suécia. Elaboram projectos sobre a democracia e vão à praça para recolher o material e entrevistar os políticos e às ruas para entrevistar os eleitores. De recordar, os alunos no último ano do ensino básico e primeiro do ensino médio têm o direito de participar em ensaio eleitoral (provval), enquanto que as escolas são obrigadas a organizá-lo e apresentar publicamente os resultados.

Foto: minha

Moçambique pode vir a ser um grande produtor africano de gás natural

Moçambique poderá tornar-se em breve num dos principais produtores de gás natural do continente africano, devido às reservas de gás natural descobertas no poço “Camarão”, afirma a Economist Intelligence Unit (EIU).
Localizado na bacia do Rovuma, na costa da província de Cabo Delgado, o poço “Camarão” teve em Outubro confirmada a sua viabilidade pela empresa operadora, Anadarko Petroleum, com a descoberta de novos depósitos de gás natural de grandes dimensões, estimados em 10 biliões de pés cúbicos, de acordo com o mais recente relatório da EIU sobre Moçambique.

Administrador do Chinde: a arrogância, a prepotência e o tribalismo simbolizados num servidor público

Funcionários do Estado no distrito de Chinde, na Zambézia, estão agastados com o comportamento nada abonatório do seu administrador distrital, José Saize. Acusam-no de ser tribalista e de privilegiar relações étnicas no ambiente de trabalho. Pesam também acusações de arrogância, prepotência e gestão danosa, entre outras práticas que consideram-nas como factores que não contribuem para o desenvolvimento do distrito e tolhem o sonho da unidade nacional.

E o salário da Função Pública?

A arrogância precede a ruína, e o espírito altivo, a queda.- Provérbios 16,18

Já lá vão uns bons dias que ouvimos queixas constantes de funcionários públicos por ainda não terem recebido o seu salário, pago geralmente via banco. O que é um facto “NORMAL” na nossa Função Pública, deixou de sê-lo quando descobrimos que num mesmo sector, uns podem ter recebido outros não; para uma mesma categoria profissional, uns podem ter recebido outros não; para diferentes categorias profissionais, uns podem ter recebido outros não.

Recenseados mais de 7 mil novos eleitores em apenas uma semana

Termina amanhã o processo de actualização e recenseamento eleitoral para as próximas eleições intercalares nos municípios de Cuamba (província de Niassa), Pemba (Cabo Delgado) e Quelimane (Zambézia).
O Secretariado Técnico de Administração Eleitoral (STAE) diz já ter sistematizado dados da primeira semana dos três municípios que vão acolher estas eleições.

E porquê foram forçados a renunciar os três edis?

Os candidatos do partido Frelimo às eleições autárquicas intercalares de 7 de Dezembro próximo nos municípios de Cuamba, Pemba e Quelimane, respectivamente, prometem dar continuidade às obras até agora realizadas pelos seus predecessores no quadro dos manifestos eleitorais sufragados em 2008. (aqui)

Ora, atendendo que esta é o manifesto eleitoral dos candidatos, porquê razão aqueles anteriores foram forçados a renunciar se bem que eram bons e quiçá melhores.

As marchas pela “libertação económica”, dos “indignados” e "Occupy Wall Street"

Moçambique é uma pátria de mistérios. São esses mistérios que o tornam um “país pólvora” que, a qualquer momento, pode explodir. De que lado, ninguém sabe. Quando o mundo marcha, os moçambicanos dormem. Quando o mundo dorme, os moçambicanos continuam a dormir. Nunca acompanham a evolução do mundo. É perigoso viver uma situação desta natureza. Mas isso revela a perigosidade que o moçambicano representa. Um indivíduo que não reage às provocações é perigoso. Isso devia preocupar o Governo, porque, de certeza, não significa a passividade dos  moçambicanos. Muito pelo contrário pode significar a acumulação de raiva. Uma sociedade assim é tão

Soltos os dois cidadãos detidos na posse de 690 mil dólares

Os dois cidadãos de origem asiática detidos em flagrante há dias no Aeroporto Internacional de Maputo quando tentavam retirar ilegalmente do país 690 mil dólares norte-americanos para Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, supostamente para a compra de viaturas usadas que posteriormente seriam vendidas no país, já foram soltos e poderão responder o caso em liberdade.
A Polícia da República de Moçambique diz que não sabe se houve pagamento de caução, mas avança que a natureza do processo ditou que os supostos traficantes de moeda fossem soltos, para responderem em liberdade, mesmo sem garantia da sua idoneidade nem se permanecerão no país.

Neste momento, a Polícia de Investigação Criminal já está a investigar a origem do dinheiro, para apurar se existe ou não uma rede de tráfico em conexão com os dois cidadãos, bem como outros procedimentos que vão ajudar a aferir se a suposta venda de viaturas justifica o volume do dinheiro apreendido

Fonte: O País online - 31.10.2011

Reflectindo: Nunca sabemos do desfecho. Afinal como terminaram o caso do homem a caminho da Suazilândia e outro de Nampula a caminho de Quénia?

Uma formação deficitária para uma profissão de vida ou morte

A formação de médicos em Moçambique não está bem. O sentimento é dos próprios médicos e foi manifestado última sexta-feira, numa conferência nacional organizada pela Ordem dos Médicos de Moçambique, com o objectivo de criar um fórum de discussão aberta sobre os principais problemas que afectam a formação naquela área no país, trocar experiências e definir estratégias para garantir qualidade da educação em medicina, bem como definir papéis e responsabilidades dos diferentes intervenientes no processo de formação.

domingo, outubro 30, 2011

Reflectindo sobre os Malemas

Nunca entendi de como é como corruptos, gananciosos, delapidadores de economias nacionais, desumanos, indivíduos sem nenhum espírito de solidariedade como Julius Malema ou os Malemas de Moçambique conseguem ludubriar o pobrezinho de Komatiport ou Ressano Garcia ou mesmo de Napipine, em Nampula, sem o mínimo de esforço, mas apenas com discursos demagógicos.

Cimeira da Commonwealth: rejeitada criação de Comissário para Direitos Humanos

... A Austrália, tal como o Canada e outros países, maioritariamente desenvolvidos, eram favoráveis a proposta de nomeação de um Comissário para os direitos humanos.
Contudo, grande parte das Nações Africanas e Asiáticas viam nessa proposta uma sobreposição do papel do comissário com o do Grupo Ministerial para a Acção da Commonwealth (CMAG), que lida com graves violações ou persistentes dos valores fundamentais da associação... Ler mais

Fonte: Rádio Mocambique - 30.10.2011

VETERANOS DO ANC PEDEM ADIAMENTO DO CONGRESSO DE 2012

Os veteranos do 'uMkontho weSizwe' (MK), ex-braço armado do Congresso Nacional Africano (ANC), durante a campanha anti-apartheid na África do Sul, apelaram, hoje, a liderança do partido para adiar o próximo congresso, marcado para Dezembro de 2012 em Mangaung, na província de Free State, face as divisões que ameaçam dividir a organização.

MALEMA EM RISCO DE PRISAO

JOANESBURGO, 30 OUT (AIM) – O líder da Liga Juvenil do Congresso Nacional Africano (ANC), partido no poder na África do Sul, Julius Malema, pode ser detido, depois que uma investigação policial concluiu ter cometido irregularidades na concessão de concursos a companhias de suas relações.

Entrega de escolas e postos de saúde à gestão do município é um processo sinuoso

Beira (Canalmoz) - “O Conselho Municipal da Beira vem manifestando desde 2008 o interesse de gerir as escolas e centros de saúde locais, ao abrigo do decreto promulgado em 2006 pelo Estado, com esse propósito”, segundo afirmou o presidente do Conselho Municipal da Beira, numa entrevista ao Canalmoz – Diário Digital, e Canal de Moçambique – Semanário impresso. “Mas mau grado”, conforme Daviz Simango, “o processo tem decorrido de forma sinuosa, havendo interferência do representante do Estado ao nível local, que por força de lei sobre a matéria não é legível no processo”. Ler mais

Fonte: Canal de Mocambique - 28.10.2011

Desmond Tutu sobre a morte de Gaddafi

Kadafi foi um grande apoiante da guerra contra o apartheid. Na década de 1980, chegou a ser elogiado por Mandela pelo seu posicionamento diante da imparcialidade do resto do mundo. Quando é que o homem virou vilão?
Tutu
: A reacção positiva de grande parte do mundo diante da sua morte incomodou-me bastante. Ele foi muito ruim para a Líbia, realmente. E, pelo mundo, há vários "Kadafis" - a exemplo de Hosni Mubarak (Egipto) e Bashar Assad (Síria) - que pensam que podem fazer o que bem entendem. Mas a imagem de que ele é um monstro completo é exagerada. Todos somos filhos de Deus e temos a capacidade de superar as fraquezas que um diaEstamos profundamente magoados com a solução encontrada e com o facto de ela ter sido tão aplaudida. Não deveria ser gratificante ver um corpo exposto num frigorífico para milhares de pessoas. Claro que se ele permanecesse solto, poderia continuar a matar civis. Mas a solução seria exonerá-lo, e não fazer justiça com as próprias mãos. Kadafi já teve um pouco do que merecia ao precisar esconder-se como um rato na sua própria cidade natal, no seu próprio país. E também seria julgado, da mesma forma que Anders Behring Breivik (o atirador de Oslo), na Noruega. Foi uma maneira mais humana de reagir a um massacre. O que fizeram com Kadafi torna-nos mais desumanos. Espero que um dia possamos nos redimir. Ler mais

Sudão do Sul ainda em guerra?

Pelo menos 75 mortos em ataque rebelde

Juba - Um ataque de milícias rebeldes na província de Al Wahda, no norte do Sudão do Sul, matou no sábado pelo menos 75 pessoas e feriu outras 18, segundo o porta-voz do Exército do país, Philippe Agouir.
Um total de 60 rebeldes morreu enquanto várias milícias mataram 15 pessoas, incluindo nove soldados, segundo afirmou Agouir à televisão oficial.

sábado, outubro 29, 2011

Saif-al-Islam sobre a sua família

Líbia: Os Kadhafi vão viver e morrer no país - diz filho do líder líbio

O filho do líder líbio Muammar Kadhafi, Saif al Islam, afirmou a um canal de televisão turco que a sua família está decidida a viver e morrer na Líbia, independente do que acontecer, e impedir que os terroristas controlem uma parte do país.
Indagado por um jornalista do canal CNN-Türk sobre uma possível fuga da sua família se os rebeldes vencerem, Saif al Islam respondeu: "o nosso primeiro plano é viver e morrer na Líbia. O nosso plano alternativo é viver e morrer na Líbia", declarou, segundo a tradução turca das suas afirmações.
O filho do ex-líder líbio Muamar Khadafi, Saif al-Islam, disse que é inocente dos crimes contra a humanidade, segundo informações divulgadas neste sábado por um procurador do Tribunal Penal Internacional (TPI).
O procurador Luis Moreno-Ocampo disse que falou com Saif al-Islam através de intermediários. O TPI tem um mandado para prisão contra Saif al-Islam, de 39 anos, que está desaparecido há várias semanas.
A corte internacional tem insistido que o filho de Khadafi teria direito a um julgamento equilibrado e justo.

Aeronaves não tripuladas dos EUA vigiam Somália

Entidades norte americanas admitiram terem enviado aparelhos não tripulados para a Etiópia para realizarem missões de vigilância na Somália, mas referiram que a decisão não tem nada a ver com a operação militar queniana em curso.
O Quénia por seu lado prometeu continuar as operações militares até reduzir a actividade do grupo militante somali al-Shabab.
Fontes militares americanas indicaram ter iniciado os voos de aviões não tripulados sobre a Somália a partir de uma posição no sul da Etiópia. As mesmas fontes indicaram que os aparelhos se destinam a fiscalização e não para ataques aéreos.
O porta-voz militar, o capitão-tenente James Stockman, indicou à Voz da América numa mensagem de correio electrónico não existir qualquer relacionamento entre as operações do aparelho na Etiópia e a operação queniana na Somália.

Fotos de Nacala-Porto

Os perigos que nos devem despertar

Pelas caras de muitos deles viu-se que são pessoas que lutam desesperadamente para se manter em vida, e que por isso, cansados das derrotas que as dificuldades do dia-a-dia lhes infligem e lhes afligem, são pessoas sensíveis e susceptíveis de tudo fazer para atingirem os seus intentos. São o que se chama um barril de pólvora, fazem manifestações para que a polícia lhes dê pretextos para vomitarem a sua ira e desencadear violência.

sexta-feira, outubro 28, 2011

"Como adquiriram os luxuosos carros em que se deslocam?"

Por Machado da Graça

Olá Julieta, minha boa amiga

Como vai a tua vida? E a tua família? Do meu lado, tudo bem.
Só que, por vezes, muito surpreendido com as coisas que as pessoas dizem pela boca fora. Neste caso estou-te a falar do senhor Edson Macuácua que, no caso presente, actuava como portavoz da recente reunião do Comité Central do partido FRELIMO. Ouvi na rádio e pode ser que as palavras não tenham sido exactamente estas, mas, se não foram, terão sido outras muito parecidas. Pois dizia ele que não podemos distribuir, de forma equilibrada, uma riqueza que não existe.

“CÁ SE FAZ CÁ SE PAGA”

Por: Gento Roque Cheleca Jr., em Bruxelas

“Nas coisas do poder político quem não liberta a sociedade, com transparência e responsabilidade, amarra-se a si próprio ao comboio da hecatombe”. Marcolino Moco, jurista angolano.
O título desta crónica pode parecer precogitado, mas como dissemos não é de carácter justo de um cristão (como é o nosso caso) julgar a um morto, muito menos o faríamos, agora que as redacções dos jornais e das televisões andam gordurosas com notícias sobre a morte do coronel Muammar Kadhafi, este que foi para muitos o mais fiel "discípulo de Lúcifer"

AINDA SOBRE AS LÁGRIMAS DE MANUEL DE ARAÚJO

 (RESPOSTA AO AUTOR)

Por Gento Roque Chaleca Jr., em Bruxelas

“A História não atende os gostos e desgostos dos seus censuradores.” Excerto de uma conversa com amigos.

No Canal de Moçambique (Jornal Semanário n° 116 - de 5 de Outubro de 2011) está inserido um artigo de opinião de um conhecido Autor das livrarias moçambicanas sob o título: “Sobre “a compaixão”, “a bondade”, e “a heroísmo” de Bonifácio Gruveta”. Nesse artigo, sem referir claramente o meu nome, o Autor debica parte da minha lavra publicada primeiramente por esta gazeta aniversariante Wamphula Fax (edição n° 1433 – de 30 de Setembro último), dedicada à análise circunstancial dos comentários sobre as lágrimas do Dr. Manuel de Araújo, e que, por força da História Comparativa, exumei da memória uma passagem de longas tardes de convívio com o saudoso Dr. David Aloni a propósito do general Bonifácio Gruveta Massamba (que Deus o tenha), acusando-me de impostor além de uma “rajada de tiros” disparados contra o finado (Gruveta).

Município de Nacala volta a receber viaturas da segunda mão para o transporte público

O município da cidade de Nacala porto em Nampula acaba de receber do ministério dos transportes e comunicações dois autocarros da segunda mão avaliados em 2.600 mil meticais cada.
Aos quatro transportes da marca Yutong do fabrico chinês adquiridos recentemente pelo executivo liderado por Chele Issufo presidente do conselho municipal em cerca de 423 mil meticais cada juntam-se mais dois mini-buss
Falando a jornalistas Chale Issufo presidente do conselho municipal de Nacala referiu que a sua edilidade prevê autonomizar no futuro próximo os serviços dos transportes públicos urbanos de Nacala visando permitir uma transparência na gestão daqueles primeiros autocarros na história da autarquia de Nacala.
Os critérios usados na compra dos mini-buss da segunda mão que já consumiram muitas peças de substituição continuam a merecer questionamento por parte dos munícipes da cidade de Nacala com mais de 250 mil habitantes.

Fonte: TIM - 28.10.2011

Entrega de escolas e postos de saúde à gestão do município é um processo sinuoso

Beira (Canalmoz) - “O Conselho Municipal da Beira vem manifestando desde 2008 o interesse de gerir as escolas e centros de saúde locais, ao abrigo do decreto promulgado em 2006 pelo Estado, com esse

quinta-feira, outubro 27, 2011

Lindiwe Mazibuko lidera bancada da AD

A ALIANÇA Democrática (AD, oposição oficial no parlamento sul-africano) elegeu ontem Lindiwe Mazibuko, pela primeira vez uma negra, como líder da bancada parlamentar. Além de ser a primeira mulher a liderar a bancada parlamentar de um partido político na História sul-africana, Mazibuko tornou-se também a mais jovem líder de uma bancada parlamentar do país e a primeira negra a exercer estas funções na maior força política da oposição sul-africana, que é liderada por Helen Zille.

Al-Bashir afirma ter apoiado o CNT

O PRESIDENTE do Sudão, Omar Al-Bashir, afirmou na quarta-feira em Cartum, ter apoiado o Conselho Nacional de Transição (CNT) líbio, que pôs fim a 42 anos do Governo de Mouammar Kadhafi, assegurando ter fornecido armas aos combatentes líbios, noticiou ontem à AFP. "Uma parte do armamento das forças que entraram em Tripoli era sudanesa a 100 porcento", declarou o líder sudanês. Bashir, acrescentou que o povo sudanês prestou uma ajuda humanitária e também em armas que chegou a todos os revolucionários líbios em Misratah, nas montanhas do oeste, e em todas as regiões da Líbia", prosseguiu durante a cerimónia transmitida em directo pela televisão.

Fonte: Jornal Notícias - 28.10.2011

Frelimo reage às Irregularidades

Partido no poder diz desconhecer detenção do Correspondentes da TIM em Cuamba.
O partido Frelimo diz não ter conhecimento da detenção dos jornalistas da Televisão Independente de Moçambique na passada segunda-feira quando faziam a cobertura do processo de actualização do recenseamento eleitoral para as eleições intercalares no Município de Cuamba.
Quanto às irregularidades que têm sido denunciadas pelo MDM, o partido no poder entende que se realmente existem esses atropelos à lei, os mesmos devem ser canalizados às autoridades competentes.
Sabe-se que o MDM teve um encontro esta quarta-feira com o vice-ministro do Interior a quem apresentou a sua preocupação.

Fonte: TIM - 27.10.2011

Reflectindo: 1) A Frelimo desconhece as detencões em Cuamba, será que o partido não tem fiscais no terreno? 2) A Frelimo mostra não estar preocupada com o impedimento de cidadãos com direito a eleger em recensearem, a que se deve? Porquê a Frelimo nunca vê irregularidades em processos eleitorais?

Recenseamento Eleitoral com Irregularidades

Brigadistas do STAE dizem que receberam ordem para não registar nova inscrições durante o recenseamento.
Brigadistas afectos nos 12 postos de recenseamento no município de Cuamba disseram a TIM que receberam orientações para não aceitarem registar novas inscrições aos cidadãos com idade eleitoral durante o processo de recenseamento em curso.

Recenseamento eleitoral em Cuamba

MDM constata irregularidades no processo de recenseamento eleitoral no município de Cuamba em Niassa.
O processo de recenseamento eleitoral rumo as eleições intercalares de 7 de Dezembro próximo no município de Cuamba está a preocupar o Movimento Democrático de Moçambique que alega haver várias irregularidades que violam a lei eleitoral como são os casos dos postos de recenseamentos que funcionam nas casas de particulares e supostos membros do partido Frelimo.
Por outro lado, os fiscais dos partidos são proibidos de se aproximar a menos de 10 metros das mesas do recenseamento. Também há relatos de haver registo de pessoas provenientes das zonas fora do raio autárquico.

quarta-feira, outubro 26, 2011

Kadhafi teve fim macabro

DIALOGANDO

Por Mouzinho de Albuquerque

INCRIVEL. Nem Nostradamus não o haveria de predizer. É que Nostradamus supostamente previu a sua própria morte. Ninguém previu jamais que aconteceria o que aconteceu com o ex-líder líbio. Mas diz o ditado que a realidade constrói grandes palácios onde termina a ficção. E será por isso que Muammar Khadafi morreu de morte macabra porque quis?

Dirigentes do MDM ouvidos pelo vice-ministro do interior

Uma equipa de dirigentes do Movimento Democrático de Moçambique (MDM) foi, ontem, recebida pelo vice-ministro do interior, José Mandra. O MDM pretendia, com o mesmo, denunciar as constantes perseguições aos seus membros em Cuamba e Quelimane.
É que, há dias, esta formação política veio ao público denunciar supostas detenções, por agentes da PRM, de membros do MDM envolvidos em actividades de fiscalização do recenseamento eleitoral nos municípios de Cuamba e Quelimane.
Organizado para pedir esclarecimentos em torno da actuação dos agentes da lei e ordem, o MDM disseram ao vice-ministro que os referidos agentes estão a agir de má-fé, cometendo irregularidades no processo que vai culminar com as eleições intercalares de 7 de Dezembro.

Fonte: O País online - 27.10.2011

Discute-se eficácia da ajuda externa

DECORRE de hoje até amanhã, no Maputo, uma Conferência Regional sobre Eficácia da Ajuda, no âmbito da elaboração de uma visão integrada para o Fórum de Busan, Coreia do Sul, a decorrer em Novembro próximo.

Organizada pelo Grupo Moçambicano da Dívida, uma organização que congrega diversas entidades da sociedade civil, a conferência do Maputo vai permitir também a criação de uma Plataforma de Monitoria da Ajuda Externa no período pós-Busan.

Membros da PRM Agastados e Indignados

Membros da Polícia da República de Moçambique, da cidade e província de Maputo particularmente, estão irritados com a direcção do seu Ministro, Alberto Mondlane, pelo que pedem a intervenção do Presidente da República, de modo que seja reposta a legalidade.
Os membros da polícia da República de Moçambique, estão agastados com o que chamam de falta de igualdade de direito existente no seio do Ministério do Interior.Ler mais

Desmobilizados de guerra de novo concentrados diante do gabinete do primeiro-ministro (ATUALIZADA)

Maputo, 26 out (Lusa) - Centenas de desmobilizados de guerra estão hoje de novo concentrados em frente ao gabinete do primeiro-ministro em Maputo exigindo o pagamento de uma pensão de 12 mil meticais (cerca de 300 euros).
Na terça-feira, primeiro dia da reivindicação, os desmobilizados retiraram do local por volta das 20:00 prometendo voltar hoje, o que fizeram desde as 08:00 locais (07:00 em Lisboa), embora em menor número.

Renamo e MDM exigem explicações sobre verba aprovada pelo Parlamento para "cesta básica"

A RENAMO e o Movimento Democrático de Moçambique, principais partidos da oposição moçambicana, exigiram ao Governo explicações sobre os 335 milhões de meticais aprovados pelo Parlamento para a "cesta básica", direccionada para os mais pobres.
Em Março, o executivo moçambicano decidiu introduzir, a partir de Junho, um pacote básico para pessoas residentes em 11 municípios do país com rendimentos inferiores a 2.000 meticais, "composto por cereais, pão, peixe de segunda, óleo alimentar, açúcar e feijão".

terça-feira, outubro 25, 2011

QUÉNIA/ EXPLOSÕES DE GRANADA EM NAIROBI MATAM E FEREM MAIS DE 20

Nairobi, 25 Out (AIM) – Duas explosões de granada mataram uma pessoa e feriram mais de 20 num bar de Nairobi, dois dias depois que a embaixada dos Estados Unidos alertou para um iminente ataque enquanto que tropas quenianas estão a combater tropas islamitas na Somália.

Desmobilizados de Guerra vaiam director da PIC

Foi como homem de paz que o Director da Polícia de Investigação Criminal na cidade, Dias Balate, abandonou o conforto do seu escritório para ir negociar com os desmobilizados de guerra.
Mas chegado ao local, foi espanto total, Balate foi vaiado e ameaçado pelos desmobilizados quando tentou convidar um grupo representativo para negociações, algures na cidade de Maputo.
Uma conversa azeda com palavras amargas a meio. Dias Balate, inteligente como é, quando se apercebeu que os nervos estavam a flor da pele abandonou, mas ainda foi a tempo de ouvir mais um desabafo dos desmobilizados. Nós também estivemos lá.
Negociar nestas condições torna-se uma tarefa de génios

Fonte: TIM - 25.10.2011

Gabinete de Combate à Corrupção em Nampula preocupado com inexistência de queixas

O Gabinete Provincial de Combate à Corrupção de Nampula está preocupado com o receio que se verifica por parte de algumas pessoas em canalizar as queixas à instituição.
A título de exemplo, no primeiro semestre deste ano, foram tramitados, naquele gabinete, 50 processos relacionados com actos de corrupção, apenas mais um em relação ao período homólogo de 2010.

Postos de recenseamento funcionam em casa de singulares com ligação ao partido Frelimo

O recenseamento eleitoral, que decorre desde o dia 13 de Outubro corrente, está a ser marcado por irregularidades, na óptica do Movimento Democrático de Moçambique (MDM). Semana passada, o porta-voz daquele partido, veio ao público enumerar uma série de atropelos à lei, algo que está a ser protagonizado pelo Secretariado Técnico de Administração Eleitoral, STAE.

Inhambane: Residentes do bairro Malenguana em pê de "guerra" com a representante do Estado

Residentes do bairro Malenguana, arredores da cidade de Inhambane, acusam a representante do Estado naquela urbe de implantar suas infraetruturas sobre uma rua, vedando o acesso a outros moradores.
A expropriação é feita à luz do dia e à revelia das autoridades municipais que estão preocupadas com a atitude daquela dirigente.

Esperadas 20 mil pessoas: Ilha de Moçambique fervilha às vésperas de acolher Festival “Omuhipiti”

Uma assistência estimada em vinte mil pessoas é esperada no festival Omuhipiti que terá lugar, de 28 à 30 do corrente mês, na cidade histórica da Ilha de Moçambique, um evento eminentemente cultural que, na presente edição, vai incluir, pela primeira vez actividades de carácter académico e desportivo para agitar ainda mais uma urbe já em avançado estado de degradação, no âmbito dos preparativos daquela festa que virou uma tradição.

Desmobilizados de guerra manifestam-se exigindo pensão condigna

Cerca de duas centenas de pessoas, entre desmobilizados de guerra, viúvas de desmobilizados e seus filhos, estão a manifestar-se desde as primeiras horas desta terça-feira em Maputo, nas proximidades do Gabinete do Primeiro Ministro de Moçambique onde decorre mais uma sessão do Conselho de Ministros. Os manifestantes exigem uma pensão condigna e enquadramento dos milicianos no estatuto do combatente recentemente aprovado pelo Parlamento.

segunda-feira, outubro 24, 2011

Líbia: CNT anuncia comissão de investigação sobre morte de Kadhafi

Benghazi - O líder interino da Líbia, Mustafa Abdel Jalil, afirmou hoje (segunda-feira) que uma comissão de inquérito vai investigar a morte controversa do antigo lider líbio Muammar Kadhafi.
"Em resposta aos apelos internacionais, começamos a pôr em prática uma comissão encarregada de investigar as circunstâncias da morte de Muammar Kadhafi no confronto com seu grupo enquanto estava sendo capturado", disse Jalil.

Fonte: Angolapress - 24.10.2011

CNE aprova candidatos da Frelimo, do Pahumo e do MDM

Eleições autárquicas “intercalares” em Quelimane, Pemba e Cuamba

Maputo (Canalmoz) - A Comissão Nacional de Eleições (CNE) acaba de aprovar os nomes propostos pelo partido Frelimo e MDM, respectivamente, como candidatos a edis nas eleições autárquicas “intercalares” de 07 de Dezembro próximo, em Quelimane e Cuamba. Os dois partidos foram os únicos que apresentaram candidatos para entre eles se encontrarem, por via de sufrágio, os presidentes dos conselhos municipais de Quelimane e Cuamba, respectivamente capital da Zambézia e segundo principal centro urbano da província do Niassa. Mas na capital de Cabo Delgado há um terceiro candidato. Ler mais

OS ENTRAVES E INJUSTIÇAS DA FRELIMO EM MOÇAMBIQUE

Em Moçambique, que você seja empregado ou possua o seu próprio negocio, se não apoia a Frelimo, você nunca poderá avançar na vida. A Frelimo fará tudo por tudo para lhe criar dificuldades.

Se você vive na diáspora, pode ir visitar Moçambique e deslocar-se a qualquer ponto do pais contacto que não fale muito. O governo da Frelimo teme muito os diasporanos que são cidadãos dos Estados Unidos, do Canada, e dos países da União Europeia.

Frelimo, Renamo e MDM divergem sobre revisão constituicional

(líderes dos grupos parlamentares: Margarida Talapa, Maria Enoque e Lutero Simango/fotos Ussene Mamudo)

O partido governamental, a Frelimo, reiterou hoje, em Maputo, a capital moçambicana, que a proposta de revisão da constituição surge da necessidade de oferecer ao pais uma justiça célere, com profissionalismo e isenção e que responda aos desafios do seculo XXI.

FRELIMO REITERA NECESSIDADE DE SE REVER A CONSTITUIÇÃO

MAPUTO, 24 OUT (AIM) – O partido governamental, a Frelimo, reiterou hoje, em Maputo, a capital moçambicana, que a proposta de revisão da constituição surge da necessidade de oferecer ao pais uma justiça célere, com profissionalismo e isenção e que responda aos desafios do seculo XXI.

domingo, outubro 23, 2011

Fiscais do MDM detidos por ordens do director distrital do STAE

José de Sousa disse haver mão da Frelimo no meio destas irregularidades e acusa este partido de estar a preparar a sua vitória por meio de fraudes.
Depois da denúncia de se estar a impedir o recenseamento de novos eleitores nos municípios de Cuamba, Quelimane e Pemba, eis que os fiscais do Movimento Democrático de Moçambique (MDM) estão a ser barrados de monitorar o processo nos postos de recenseamento. Dois fiscais do MDM, e seu assistente, em

Zimbabwe: Imprensa zimbabweana considera morte de Kadhafi uma lição para África

Harare - A morte do antigo dirigente líbio Muammar Kadhafi deve servir de lição aos regimes autoritários de África, escreve hoje (sábado) a imprensa independente do Zimbabwe.
"Pensamos que a morte de Kadhafi servirá de lição crítica e de aviso para os outros dirigentes autoritários de África e doravante: o reino do punho de ferro terá inevitavelmente o seu fim um dia", sublinha o jornal Newsday no seu editorial.

sábado, outubro 22, 2011

Etiópia: UA levanta suspensão da Líbia após morte de Kadhafi

Addis Abeba – A União Africana (UA) levantou a suspensão da Líbia e autorizou o Conselho Nacional de Transição (CNT) a ocupar o assento do país junto da organização continental, após a morte quinta-feira do guia líbio, Muammar Kadhafi, noticia hoje (sexta-feira) a PANA.

Irmãos Muçulmanos congratulam-se com morte de Kadafi

O líder do movimento dos Irmãos Muçulmanos, Mohamed Al-Katatni, afirmou esta sexta-feira que a morte do deposto líder líbio, Muamar Kadafi, representa "uma nova vitória da vontade do povo sobre a tirania”.
Ele defendeu que a morte do coronel Kadafi reanima a esperança para todas as revoluções árabes.
Felicitando o povo líbio, o responsável político egípcio apelou ao Conselho Nacional de Transição (CNT) para construir uma Líbia «livre e democrática », afirmando que o país deve reforçar as suas relações com os seus vizinhos dos quais o Egito.

Fonte: Panapress - 21.10.2011

Amnistia Internacional insta CNT a inquirir sobre morte de Kadafi

Lagos, Nigéria (PANA) – A Amnistia Internacional exortou o Conselho Nacional de Transição (CNT) a levar a cabo um inquérito completo, independnete e imparcial para afirmar ou infirmar os rumores segundo os quais o coronel Muamar Kadafi teria sido morto durante confronts que opuseram os combatentes do CNT às forças lealistas em Sirtes.

Movimento Democrático de Moçambique quer também instalar células nas instituições públicas

Luís Boavida, secretário-geral do MDM não esconde a intenção do seu partido, de criar células no seio das instituições públicas no país, tal como faz o partido no poder.
Boavida diz que fará isso porque há membros do seu partido que gostariam de manifestar as suas alegrias dentro das instituições do Estado.

sexta-feira, outubro 21, 2011

AUTORIDADES NEGAM FOME “ALARMANTE” EM MOÇAMBIQUE

Chimoio (Moçambique), 21 Out (AIM) – O director nacional da Agricultura, Momed Valá, nega a classificação “alarmante” atribuída a Moçambique pelo Índice Global da Fome (IGF) 2011, justificando que “a situação de fome no país não é alarmante”.

Brigadas de recenseamento eleitoral instaladas em residências de membros da Frelimo

- acusa o MDM

Maputo (Canalmoz) - O Movimento Democrático de Moçambique (MDM) convocou a Imprensa esta quinta-feira para, através do seu porta-voz José Manuel de Sousa, denunciar que algumas brigadas de actualização do recenseamento eleitoral para as eleições autárquicas “intercalares” de Dezembro próximo, no município de Cuamba, estão a funcionar em residências de membros da Frelimo e régulos que foram indicados por células do mesmo partido. A situação mais gritante, segundo disse o porta-voz do MDM aos jornalistas, é da brigada que deveria funcionar na Escola Primária Completa 3 de Fevereiro e que estranhamente está funcionar em casa da deputada da Assembleia Provincial pela bancada da Frelimo, Maria Taimo.

José de Sousa disse ainda que alguns Mobile ID (aparelho que é usado para emissão de cartões de eleitorais) estão em casa de outros membros do partido Frelimo. A fonte disse que após os fiscais do seu partido terem detectado a situação informaram os órgãos eleitorais locais. Acontece porém que os supervisores do STAE não aceitam assinar a carta de reclamação feita pelos fiscais alegando que receberam ordens do Director Distrital do STAE para não aceitar assinarem reclamações vindas do MDM. Sem a assinatura o STAE não dará provimento às reclamações. Ler mais

Festejámos a tua morte, Samora!

Por Lázaro Mabunda

Querido camarada Samora! Sou estranho para ti. Com razão. Quando morreste, eu ainda estava nas matas do posto administrativo de Nalaze, distrito de Guijá. Tinha apenas 10 anos e poucos meses. Mas isso não interessa. O que interessa é o que te quero confidenciar. Ora, o que te quero transmitir é que, anteontem, festejámos efusivamente a tua morte. São 25 anos. Cantámos, dançámos, comemos e bebemos. Tínhamos

MDM acusa STAE de impedir novos recenseamentos

A menos de dez dias do término do processo de actualização do recenseamento eleitoral para as intercalares de Quelimane, Pemba e Cuamba, o Movimento Democrático de Moçambique veio a público acusar os órgãos eleitorais daqueles municípios de estarem a cometer diversas irregularidades, com destaque para a autarquia de Cuamba, onde, alegadamente, os jovens estão a ser interditos de obter, pela primeira vez, o cartão de eleitor.
Em conferência de Imprensa, o mandatário nacional do MDM, José Manuel de Sousa, disse que este facto é uma clara violação da lei número 9/2007 de 26 Fevereiro, atinente ao recenseamento eleitoral sistemático para a realização de eleições.
Manuel de Sousa frisou que, “na autarquia de Cuamba, não aceitam recensear novos eleitores, alegadamente, porque a orientação que têm é de apenas recensear os transferidos e ou aqueles cujos cartões foram extraviados ou considerados perdidos”.

Para além destas acusações, o MDM diz que vários kits do processo eleitoral encontram-se nas residências de membros do partido no poder e algumas brigadas também estão a funcionar em casas de particulares.

Fonte: O País - 21.10.2011

Reflectindo: Medo de jovens?? Membros do STAE a procura de sombra na bananeira? Quem duvida que coisas destas vão acontecer?

quinta-feira, outubro 20, 2011

Reacções à captura do antigo líder líbio

Sem surpresa, mas com apreensão, vários líderes mundiais reagiram às informações sobre a morte de Khadafi. O Departamento de estado norte-americano anunciou que não pode ainda confirmar a captura e morte do líder líbio, a UE fala do “fim de uma era de despotismo”. Ler mais

Pensador promete arrasar no Coconuts

Finalmente o rapper brasileiro Gabriel O Pensador vai oferecer dois espectáculos aos seus admiradores moçambicanos, depois de sucessivos adiamentos da sua vinda à Pérola do Índico, terra onde tem muitos fãs. Com efeito, esta quinta-feira, 20 de Outubro, e na tarde de domingo, dia 23, o rapper brasileiro vai protagonizar dois espectáculos na discoteca Coconuts.

Falando da sua presença entre nós, O pensador disse que “desde o início da minha carreira que tinha a consciência de que poderia vir para aqui, o meu disco saiu no Brasil quando tinha 19 anos e o primeiro país que visitei foi Portugal e logo de imediato recebi um convite para ir cantar em Cabo Verde que foi o primeiro país africano que visitei”.

Alunos do Instituto Industrial e Comercial de Nampula espancam agente da polícia até perder sentidos

"O polícia terá surpreendido, por volta das 21h00, um aluno daquele internato com uma miúda, supostamente, a namorarem no campo de futebol do recinto daquele centro internato."

Um agente da Polícia da República de Moçambique (PRM), afecto à 2a esquadra na cidade de Nampula, foi brutalmente espancado até perder sentidos na noite desta terça-feira, por estudantes do Instituto Industrial e Comercial de Nampula, que se encontram em regime de internamento no bairro Muahivire Expansão, na cidade de Nampula, local onde ocorreu a agressão. Segundo informações colhidas pela nossa reportagem, minutos antes do sucedido, o polícia que estava à paisana no momento da agressão terá surpreendido, por volta das 21h00,

Mugabe vai discutir com Graça Machel apoio às investigações à queda do avião presidencial

Maputo, 20 out (Lusa) - O Presidente do Zimbabué, Robert Mugabe, disse a jornalistas em Harare que vai discutir com a viúva de Samora Machel, Graça Machel, formas de apoio às investigações à morte, num desastre aéreo, do primeiro Presidente moçambicano.
No discurso alusivo ao 25.º aniversário da morte de Samora Machel e 33 acompanhantes, Graça Machel pediu em Maputo o envolvimento de Robert Mugabe nas investigações, lamentando a lentidão dos governos de Moçambique e da África do Sul, país onde caiu a aeronave presidencial, no apuramento das causas do desastre.

Dirigentes políticos saúdam fim da era Kadhafi

O presidente da União Europeia, Herman Van Rompuy, e o chefe da Comissão Europeia, José Manuel Barroso, congratularam "o fim de uma era de despotismo e repressão" na Líbia, depois do anúncio da morte de Muamar Kadhafi.

Autoridades líbias anunciam que Kadhafi está morto

O porta-voz do Conselho Nacional de Transição anunciou a morte de Kadhafi. O ex-ditador líbio foi morto pelas forças do novo regime num ataque contra o último reduto de resistência na sua cidade natal, Sirte.
"Anunciamos ao mundo que Kadhafi foi morto pelas mãos da revolução", declarou o porta-voz do CNT, Abdel Hafez Ghoga.
"É um momento histórico. É o fim da tirania e da ditadura. Kadhafi encontrou o seu destino", completou.
A notícia da captura de Kadhafi foi avançada ao final da manhã pelo líder do Conselho Nacional de Transição da Líbia que referia ainda que Kadhafi tinha sofrido ferimentos nas pernas.

Muammar Kadhafi capturado

Muammar Kadhafi foi hoje capturado e está ferido nas duas pernas, de acordo com a agência Reuters.
A notícia é avançada pelo líder do conselho nacional de transição da Líbia que refere ainda que Kadhafi estará ferido nas pernas.
A notícia surge ao mesmo tempo em que a Agência France Press dá conta que o ministro da Defesa do regime deposto de Kadhafi foi morto em Sirte.

QUEREMOS CONHECER A VERDADE, SÓ E SÓ A VERDADE

Graça Machel, viúva do primeiro presidente de Moçambique independente Samora Machel acredita que se os Governos de Moçambique e da África do Sul dedicarem todo o esforço necessário para trazer a verdade da morte daquele líder moçambicano à luz, ela pode ser conhecida ainda no seu tempo de vida.

quarta-feira, outubro 19, 2011

Onde “mora” a verdade sobre a morte de Samora Machel?

“Houve um VOR falso que desviou o avião”

Joaquim Chissano - Ex-Presidente da República

O ex-presidente moçambicano, Joaquim Chissano, reconhece que tanto o seu governo como o de Armando Guebuza foram incapazes de apresentar, aos moçambicanos, provas concludentes do envolvimento do regime do Apartheid na morte de Samora.

Governação de Moçambique piorou

O Índice Ibrahim 2011 de Governação Africana, lançado segunda-feira (10), em Londres, colocou Moçambique na 21ª posição de um total de 53 países avaliados nas categorias de segurança e Estado de Direito, participação e Direitos Humanos, oportunidade económica sustentável e desenvolvimento humano.

Situação política no país está bastante explosiva

— considera Fernando Carrelo, defendendo que PR e líder da Renamo se reúnam imediatamente

Fernando Carrelo, ex-membro da Renamo, que chegou a integrar o Conselho Nacional, órgão máximo do partido liderado por Afonso Dhlakama, está seriamente preocupado com a deterioração da situação política no país, que considera de extremamente explosiva. Ele lança um forte apelo para que o Presidente da República, Armando Guebuza e o líder da Renamo, Afonso Dhlakama, se reúnam urgentemente, “porque, a qualquer momento, apesar de o presidente Dhlakama afirmar que jamais voltará à guerra, isso pode acontecer por vontade de outras pessoas porque o que eu reparo é que há uma movimentação de certas pessoas que estão desesperadas e que querem de novo a guerra. Serão provavelmente alguns militares da ala dura da própria Renamo?Não sei, mas que a situação está tremida a partir do centro para o norte do país, isso é verdade”, explicou.

terça-feira, outubro 18, 2011

Mozambique: Can Frelimo Remain the Predominant Party?

By Joe Hanlon*

analysis

Mozambique seems likely to remain a predominant party state for the foreseeable future. The ruling party Frelimo is still relatively popular and inclusive, while the opposition remains marginal.

Frelimo's power comes from its:

•ability to stay united and co-opt potential opposition figures,
•creation of a party structure that is recognisable to European political parties, with party militants at the base getting out the vote and calling attention to local issues, and
•maintenance of internal party democracy which ensures that the President and other leaders are not all-powerful.

Nevertheless, Frelimo faces a set of real challenges:

•Poverty is not being reduced and the neo-liberal model pushed by the international financial institutions and embraced by the elite is not promoting development.
•An older generation - liberation war veterans and those who filled middle level positions shortly after independence - are reluctant to cede power to a younger generation, which is turning its back on politics.
•Inclusiveness means that venal and corrupt members of the elite are kept inside the party and have relative impunity. Rapidly growing mineral revenues could be divisive.
And it is really the lack of an opposition that protects Frelimo. It remains the only show in town. Therefore people who are ambitious - politically, economically or socially - align with "the Party".

Entrevista a Samora Machel ( Paz sua Alma)

Jornalista: Sr ex. Presidente, obrigado por ceder um dedo de conversa aqui na terra dos mortos, Mbuzini

Jornalista: Sr. ex. Presidente, hoje(19 de Outubro) passa mais um aniversário da sua morte 23 anos:

Samora Machel: Sim meu camarada, hoje passa mais um aniversário que passei da terra, e os traidores, inimigos da pátria me apunhalaram pelas costas.

Jornalista: pelas costas ex Sr. Presidente?

Samora Machel : sim pelas costas, bandos de traidores, olha que sai para Zâmbia em mais uma missão para fortaleceremos união dos nossos países contra o regime do apartheid do Pik Botha, e veja só que na minha comitiva muitos membros do Governo não estavam, na minha saída já havia avisado que na volta venho exonerar todos do governo

Jornalista: Todos do Governo ex sr Presidente? Porquê?

Samora Machel: calma, não me interrompa quando eu estiver a falar, como dizia a minha volta ia exonerar e demitir todos membros do Governo e das FPLM corruptos, burgueses, candogueiros, porque não se justifica o Povo passar fome enquanto a comida apodrece nos armazéns de GOAME, não se justifica que os militares dormem no chão, passem fome, sem uniforme, nem calçado, afinal libertamos este pais para quê?Ler mais

Que se pretende com a revisão

Firmino Mucavele, da UEM

O director do Gabinete para a Reforma Académica e Integração Regional da UEM sintetizou os objectivos do processo em curso na pertinência de responder às necessidades do país, melhoria da qualidade, garantia da flexibilidade e mobilidade bem como na facilitação da integração regional e no mundo. O estabelecimento de um quadro de referências de qualificações na UEM em direcção ao esforço feito ao nível nacional e a criação de oportunidades de percursos flexíveis de aprendizagem e processos de reconhecimento de aprendizagens anteriores são outros objectivos na mira da reforma académica cujo processo é dirigido por Firmino Mucavele. A fonte voltou a negar a existência de desinteligências em torno da reforma. “Há opiniões de pessoas que não entendem o que é reforma académica”, disse, reiterando que só pode “criticar o nosso trabalho quem é doutor”. Para ele, só pessoas com aquele grau académico estão habilitadas e em condições de interpelar criticamente a reforma em curso, pois passaram dos três ciclos. “Um licenciado só pode opinar e a maioria dos que opinam só falam”, disse.

MSF encerra “Hospital-Dia”

A ORGANIZAÇÃO Médicos Sem Fronteiras Bélgica (MSF-B) realiza hoje, em Maputo, a cerimónia de encerramento oficial do Hospital de Dia (HdD) no Centro de Saúde do 1º de Maio, instalado por esta organização em 2002 para tratar pacientes vivendo com HIV/SIDA.
Segundo uma nota de imprensa da MSF, a medida resulta das mudanças ocorridas no sistema público de saúde e do cuidadoso processo de descentralização de pacientes. O Hospital de Dia do 1º de Maio foi aberto numa altura em que os pacientes ainda não recebiam tratamento antiretroviral ao alto nível. A sua criação origina do trabalho da MSF-B na área de Mavalane em parceria com a Direcção de Saúde da Cidade de Maputo (DSCM) e o Ministério da Saúde (MISAU) no combate ao HIV/SIDA, tuberculose e outras doenças.

Fonte: Jornal de Notícias - 18.10.2011

Reflectindo: Hospital Dia nunca foi problema para Ivo Garrido?

O Estado e os milagres

Quando os fazedores da nossa Constituição estabeleceram o princípio de que Moçambique é um Estado Laico, eles tinham a consciência da diversidade religiosa que é característica da sociedade, e da necessidade, como tal, de evitar que o Estado se identifique com uma determinada fé, que assumiria então o estatuto de religião oficial.

segunda-feira, outubro 17, 2011

Reviravolta curricular na UEM pode “tramar” novos bolseiros

Octávio de Jesus deixou claro que os bolseiros que já estão no sistema não vão nem devem ser prejudicados, porque esta medida não saiu deles.
O número de novos estudantes a beneficiar de bolsas de estudo financiadas pelo Instituto de Bolsas de Estudo (IBE) pode reduzir, próximo ano, por causa do “volte-face” curricular na Universidade Eduardo Mondlane.

Sobre a Reforma Curricular da UEM (1)

Em Fevereiro de 2009 escrevi um artigo com o título: Reflexão sobre o novo curriculo na UEM, a consultá-lo aqui.

Direcção da UEM reprovou currículo que aprovou há 3 anos

Padre Couto traído pelos seus colegas.

O modelo de Bolonha foi visto pelo padre Couto, Orlando Quilambo, Joel das Neves, Firmino Mucavele, entre outros, como o mais flexível. Consideraram o anterior como ultrapassado.
A direcção da Universidade Eduardo Mondlane decidiu, semana passada, que se deve retornar, a partir do próximo ano, ao anterior currículo de quarto anos de formação para a obtenção de licenciatura em diversas áreas do saber, e sete anos para medicina. A ideia não só divide opiniões, como também está a causar estupefacção, pelo facto de o novo currículo baseado no Modelo de Bolonha – três anos de formação para o grau de licenciatura – ter sido aprovado, anunciado e introduzido pelas mesmas figuras que hoje compõem, maioritariamente, a direcção da UEM. A única diferença é que alguns mudaram de cargos, não do órgão. A título de exemplo, Orlando Quilambo, actual reitor, na altura, ocupava o cargo de vice-reitor. Joel das Neves era porta-voz do Conselho Universitário, cargo que ocupa até hoje.

domingo, outubro 16, 2011

Saúde frágil de Mugabe gera dúvidas

Os líderes da ZANU-PF temem o caos no partido se Mugabe morrer na presidência ou a sua saúde o obrigar a renunciar.

A saúde debilitada do presidente Robert Mugabe tem, segundo o News24, forçado o seu partido a pressionar por eleições antecipadas no Zimbabwe e a acelerar um plano para forçar as empresas estrangeiras no país a transferirem a maior parte das suas participações para os habitantes nativos do país, mas não tem, até agora, abordado a permanência de Mugabe no poder. Enquanto isso, facções dentro da ZANU-PF estão numa disputa para assumir o lugar de Mugabe.

Polícia trava mil manifestantes no centro de Luanda

O trânsito parou na estrada de Catete, para ouvir os gritos de reclamações.

Manifestantes, neste sábado, em número que rondou um milhar de pessoas não conseguiram entrar na Praça da Independência, etapa final da marcha de protesto de um quilómetro, aproximadamente, um protesto contra a permanência de 32 anos de poder do presidente Eduardo dos Santos. Ler mais

Escutar aqui

A construção da Democracia e o fenómeno da corrupção em Angola

Em sua excelente análise sobre democracia e corrupção em Angola, Mihaela Webba aponta para as teses principais que devem ocupar a política e a sociedade organizada angolana com vistas a se chegar a um regime pleno e verdadeiramente democrático. ler mais

Nova Constituição para a Zâmbia: “Sou alérgico à corrupção” – Michael Sata

O novo Presidente da Zâmbia, Michael Sata, disse Sexta-feira que quer produzir uma nova constituição até ao final deste ano como parte do seu plano para eliminar a corrupção no país.

“Nós estamos comprometidos a produzir uma nova constituição dentro de 90 dias,” disse Sata, no seu primeiro discurso perante o parlamento desde a sua eleição, mês passado.

“Damos muita importância ao assunto da boa governação”, acrescentou.

Mia Couto em revista

«é preciso sair à rua, é preciso revoltarmo-nos, é precisa esta insubordinação»...
«que só há que saudar gente que faça coisas e não cruze os braços, mesmo que não ainda compreenda exactamente qual é a saída». «Pelo menos vem dizer que não aceita o que está a acontecer, e isso é importantíssimo»...
... quando se juntou à revolução, o lema era que o militante da Frelimo era o primeiro no sacrifício e o último no benefício. «Acho que isso morreu para a Frelimo, morreu no mundo hoje»... Ler mais

sábado, outubro 15, 2011

Querendo compreender uma coisa

A minha juventude ensinou-me que Agostinho Neto e depois José Eduardo dos Santos era(m) bon(s ) e Jonas Savimbi era mau em Angola;
Que os dois primeiros eram pela paz, democracia, unidade nacional, desenvolvimento em Angola, sobretudo, dos Santos não era ganancioso ao poder, era socialista, libertdor, anti-burguesia, o mais por Angola. Dos Santos era apoiado por comunistas e Savimbi por ocidente e isso "ajudava-me" em saber quem eram bom ou mau. O último, Jonas Savimbi, era pela guerra, era um ganancioso pelo poder e contra o desenvolvimento em Angola.
Que José Eduardos Santos era democrático e Jonas Savimbi anti-democrático.
Que o reinício da guerra em 1992 em Angola, foi por culpa de Jonas Savimbi que recusou uma derrota eleitoral justa.
Acreditei tudo isso......
Acreditei tudo isso sem o mínimo de esforco para saber o que era verdade ou não...

Uganda: Obama anuncia envio de 100 soldados para lutar contra rebeldes

Washington - O Presidente americano, Barack Obama, anunciou sexta-feira o envio de 100 soldados equipados para combate no Uganda a fim de ajudar a lutar contra os rebeldes do Exército de Resistência do Senhor (LRA), acusado de matar, sequestrar e violar milhares de pessoas em África.

Egipto: Junta Militar egípcia emite decreto-lei contra discriminação

Cairo - A junta militar que governa o Egipto emitiu neste sábado um decreto-lei que proíbe a discriminação religiosa, sexual e racial, depois dos distúrbios de domingo passado entre o Exército e manifestantes coptas (cristãos egípcios).

Proposta (da Frelimo) de revisão da Constituição

A BANCADA Parlamentar da Frelimo procedeu ontem ao depósito da sua proposta de revisão da Constituição da República, cumprindo assim a sua promessa. Trata-se de um documento orientado para a adequação do texto constitucional em função das mudanças operadas no país e visando o aprofundamento da democracia. Entretanto, dada a pertinência das alterações sugeridas publicamos na interna a proposta de revisão.

Falta dinheiro para escoar o arroz

Esta a acontecer no distrito da Maganja da Costa, na Zambézia. Muito arroz não pode chegar aos mercados porque os comerciantes não têm fundos para a comercialização do cereal.

Fonte: Zambézia online - 15-10.2011

Samora Machel explica-se

Samora Machel

explica-se
Artur Portela entrevista Samora Moisés Machel,
Presidente da RPM, e um dos homens mais odiados pelos colonialistas.
Ele aí está, ao longo de um diálogo
franco, vivo, por vezes, desconcertante.
Falando de Portugal, dos expulsos,
da História, do Futuro.
E também da luta contra Ian Smith,
contra o imperialismo, contra o racismo,
contra a miséria, a ignorância, a doença.
Um retrato psicológico. E político.



- Em que fase é que se encontra a cons­trução do socialismo moçambicano?

Frelimo já tem proposta de revisão da Constituição

Das duas uma: ou não era isto propriamente que a Frelimo pensava propor e recuou face à pouca vontade da esmagadora maioria da sociedade civil em debater a revisão da Constituição, num contexto em que a crise financeira obriga a outras prioridades, e ainda face às indisfarçáveis desconfianças do que poderia estar por detrás da ideia de mexer na Constituição, ou ... está a lançar um isco.

sexta-feira, outubro 14, 2011

“Paz” sem PAZ

Por João Mosca

Três breves conversas sobre a paz no dia da “paz”:

Conversa 1

Como paz se maioria é pobre e está com fome?
Só é possível combater a pobreza em paz!
E se em paz não se consegue reduzir a paz e há cada vez mais ricos?
Ah … isso já não sei!

Um verdadeiro milagre

Machado da Graça

A presença de membros do governo, nomeadamente o Primeiro-Ministro, no acontecimento Dia D, da Igreja Universal do Reino de Deus causou surpresa e descontentamento em muitas pessoas, até mesmo aqui no SAVANA.
No meu caso o descontentamento foi profundo, principalmente por Aires Ali ter afirmado que lá estava “em nome de todos os moçambicanos”, segundo me disseram. Ora eu não passei procuração ao sr. Primeiro-Ministro para me representar num tal acto. E creio que, nas minhas circunstâncias, estarão muitíssimos moçambicanos.
Já a surpresa não foi nenhuma. Desde que aquela seita chegou a Moçambique, a sua ligação ao Partido Frelimo tem sido profunda e permanente.

Crise no ANC resulta de atraso na "democratização interna"

Analista sul-africano, Andre Thomashausen, afirma que ANC ainda não fez transição de movimento de libertação para partido democrático

Escute aqui Thomashausen

O analista político, Andre Thomashausen, afirma que a crise no ANC se deve ao facto de o principal partido da África do Sul não ter feito a transição de "movimento de libertação, de cariz leninista, para partido democrático".

Líderes sindicais dos docentes confundem-se com patronato – acusam professores em Quelimane

Professores em exercício na província da Zambézia acusam os seus líderes sindicais de nada estarem a fazer para resolver os problemas que enfermam a classe. Estes, por sua vez, refutam todas as acusações, alegando não haver valorização dos esforços empreendidos para a busca de soluções para a satisfação das suas preocupações.

quinta-feira, outubro 13, 2011

Patético espectáculo constitucional da Frelimo

A bancada da Frelimo depositou, ontem, no parlamento, a proposta da revisão da Constituição da República. A grande novidade na proposta reside no facto de não possuir conteúdo para rever. No entanto, apresenta valores superiores a um milhão de dólares para a sua revisão. Trata-se de uma proposta que representa o cúmulo do ridículo a que o país foi - e continua - sujeito pelo partido no poder.

David Mendes desafia José Eduardo dos Santos a processá-lo

Líder do Partido Popular revelou conta bancária milionária do presidente de Angola e diz que recebeu ameaças.

AIM: FRELIMO PROPÕE CRIAÇÃO DE TRIBUNAL CONSTITUCIONAL

Maputo, 13 OUT (AIM) - A Bancada Parlamentar da Frelimo na Assembleia da República (AR), o parlamento moçambicano, propõe a extinção do Conselho Constitucional (CC) e, em substituição, a criação do Tribunal Constitucional.

Frelimo quer rever a maioridade e regime do processo eleitoral

O Partido frelimo fez entrega a comissão ADOC da assembleia da República os pontos que pretende rever na constituição da República. São oito pontos dos quais se destacam a questão da maioridade, o regime dos processos eleitorais e a criação de um tribunal Constitucional.
O partido no poder decidiu-se e fez a entrega esta quinta-feira a comissão adoc da revisão da constituição a proposta do que quer rever na lei mãe.
Trata-se de oito pontos fundamentais a saber:

12 de Outubro: Lamentações no dia do professor

PROFESSORES de todo o país juntaram ontem, a sua voz, para lamentarem-se, pelos problemas que os consideram crónicos, denunciados e conhecidos por todos, mas que continuam a perturbar a classe. O facto aconteceu no quadro das celebrações dos 30 anos da Organização Nacional dos Professores (ONP).

quarta-feira, outubro 12, 2011

FRELIMO SUBMETE PROPOSTA NA QUINTA-FEIRA

Maputo, 12 OUT (AIM)- A Bancada Parlamentar da Frelimo, partido no poder em Moçambique, vai depositar esta quinta-feira a proposta de Lei de Revisão de Constituição na Assembleia da República (AR), o parlamento moçambicano.
Esta informação foi revelada hoje, em Maputo, pela chefe da bancada parlamentar da Frelimo, Margarida Talapa, durante a cerimónia de lançamento formal e oficial do processo de revisão da constitucional.
Talapa escusou-se de revelar o que a Frelimo pretende ver revisto na Constituição da República, e, perante a insistência de jornalistas, falou apenas dos objectivos de tal revisão.

MDM defende reforço da separação de poderes na futura Constituição da República

Maputo - O Movimento Democrático de Moçambique (MDM, oposição) defendeu hoje (quarta - feira) em Maputo que a próxima revisão da Constituição moçambicana deve ser uma oportunidade para o reforço da separação de poderes e despartidarização do Estado.

A Assembleia da República de Moçambique, através da respectiva comissão, lançou hoje (quarta-feira) em Maputo o processo de revisão da Constituição do país, pedida pelo partido no poder, FRELIMO, que tem a maioria de 191 deputados no parlamento.

Moçambique na 21ª posição no Índice Mo Ibrahim de Governação Africana 2011

O Índice Ibrahim 2011 de Governação Africana, ontem lançado, revela que Moçambique ocupa a 21ª posição de um total de 53 países avaliados nas categorias de segurança e Estado de direito, participação e direitos humanos, oportunidade económica sustentável e desenvolvimento humano.

Liam Fox cometeu erros graves

O MINISTRO britânico da Defesa, Liam Fox, cometeu "graves erros" ao incluir nas suas actividades oficiais um dos seus amigos, denunciou na segunda-feira o gabinete do primeiro-ministro. A crítica do gabinete de David Cameron, foi feita após Fox comparecer ao Parlamento para explicar os seus vínculos com Adam Werritty, seu amigo e padrinho de casamento, com quem se reuniu "à margem" de 18 viagens oficiais no exterior. Apesar de negar a má conduta, Fox admitiu ontem que deveria ter observado uma "separação mais clara dos assuntos do governo" das suas questões privadas.

Fonte: Jornal Notícias - 12.11.2011