sábado, maio 21, 2016

Presidente do partido Ecologista agredido em Khongolote

O presidente do partido Ecologista, João Massango, foi agredido, hoje de manhã, perto da sua casa, no bairro Khongolote, na Matola. A agressão acontece numa altura em que preparava uma manifestação contra o alto custo de vida e a tensão político-militar.
Após escapar, Massango conta que foi à polícia, mas recebeu apenas uma guia hospitalar. O presidente do partido ecologista associa à agressão a motivações políticas e, neste momento, já não sabe se faz a marcha ou não.
“O indivíduo, quando saiu do carro, trazia um ferro na mão e disse que era para entrar no carro dele, de marca Prado. O que vinha com ele, começou a bater-me no braço direito e no meu corpo todo, forçando-me para entrar no carro deles. Daí recuei para uma barraca que estava ao lado. Então, um deles tirou a pistola. Corri”, contou Massango.
Após os incidentes, o presidente do partido Ecologista dirigiu-se à polícia. Lá, apenas recebeu uma guia para o hospital. E, na altura da reportagem, já não sabia se levaria acabo a marcha. Massango deixou a decisão na responsabilidade do povo.

Fonte: O País – 20.05.2016

1 comentário:

Anónimo disse...

Ele não entendeu a mensagem do Sibindy!