segunda-feira, Março 12, 2012

Tete: 230 estrangeiros proibidos de trabalhar no país em 2011

Mais de 230 trabalhadores estrangeiros foram suspensos das suas actividades, devido à situação ilegal em que se encontravam, durante o ano passado na província de Tete, segundo o balanço feito pela directora provincial do Trabalho, Elsa Barca.
A responsável, citada pelo Diário de Moçambique (DM), explicou que a suspensão daqueles trabalhadores resultou de 689 inspecções efectuadas pelo sector que dirige em Tete, província que nos últimos tempos tem estado a registar o aumento do número de trabalhadores estrangeiros, na sequência da implementação de mega-projectos virados, sobretudo, para a prospecção e extracção do carvão mineral, envolvendo várias firmas, a exemplo da australiana Rio Tinto e da brasileira Vale Moçambique. Ler mais

Reflectindo: e como é que eles conseguem o emprego nessa empresas?

Sem comentários: