domingo, abril 03, 2016

NO UGANDA É ASSIM QUE SE REVISTAM AS MULHERES NOS ESTÁDIOS

Os polícias do Uganda estão sob forte onda de críticas depois de terem sido partilhadas imagens nas redes sociais que mostram a forma como as mulheres daquele país são revistas à entrada para um jogo de futebol.

Tudo aconteceu no Estádio Nelson Mandela, anteriormente denominado Estádio Namboola, antes de um jogo entre as equipas Uganda Cranes e Burkina Faso.

Nas imagens vêm-se mulheres a serem exaustivamente revistas por um elemento da polícia local que não se consegue perceber, pelas fotografias, se se trata de um homem ou de uma mulher. Ao redor da mulher estão vários homens que se deleitam com a cena que presenciam.

A porta-voz da Força Policial do Uganda, Polly Namayae, já saiu em defesa da entidade policial que representa, garantindo que “os agentes nas fotos são mulheres”, pois, sublinhou, no Uganda “é contra a lei ter homens a revistar mulheres”.


A responsável disse ainda que foi pedido às forças de segurança que reforçassem a sua presença no jogo, pois a partida foi disputada no rescaldo dos atentados terroristas em Bruxelas.

“Além do mais, o Uganda está sob um elevado alerta terrorista. Recebemos ameaças terroristas do Al Shebaab e da Al-Qaeda, devido ao papel do Uganda na missão na Somália”, acrescentou citada pela France 24.

Quanto às dúvidas que surgem sobre o género dos agentes que fazem as revistas às mulheres, Polly Namayae garante que se trata de agentes do sexo feminino. “Posso assegurar que é uma mulher. Quando estão em fase de treino é pedido às mulheres que rapem o cabelo e muitas escolhem continuar assim quando ingressam na força policial”, rematou.

Fonte: Notícias ao minuto in Rádio Moçambique– 03.04.2016

3 comentários:

Simplicio Pinho disse...

Então e não revistam os homem ?

Golfinho Fastudo Golfinho Fastudo disse...

Policias coitados sem lei

Golfinho Fastudo Golfinho Fastudo disse...

Policias coitados sem lei