quinta-feira, julho 30, 2015

Multipartidarismo ou Dualipartidarismo em Moçambique?

Nota 1: Da paridade à exclusão dos outros, por onde anda a coerência? Multipartidarismo ou Dualipartidarismo em Moçambique? A Renamo já começou a preparar o desencorajamento político dos moçambicanos e a derrapagem dos anos subsequente às eleições de 1999.
Nota 2. Quem avisa é amigo. Querendo façam a revisão dos posts sobretudo de 2008 em debate neste blog.
A Assembleia da República adiou para Outubro a escolha dos membros que tem direito de indicar para fazerem parte do Conselho de Estado, por causa de divergências na distribuição dos assentos.
A deliberação sobre a matéria estava, inicialmente, agendada para esta terça-feira, mas, contra todas as indicações, a matéria acabou sendo retirada da agenda. Segundo dados a que tivemos acesso, a “bronca” prende-se com o facto de ter sido reservada à bancada do MDM a indicação de um conselheiro, cabendo à Frelimo quatro nomeações e a Renamo duas. (O País – 29.07.2015)

P.s. Dualipartidarismo é termo cunhado por Jr Chauque para a democracia de dois partidos. 

1 comentário:

mondla barna disse...

Estamos fartos das atitudes da Renamo que nao quer ver outras forcas politicas!