sexta-feira, setembro 25, 2015

Novo ataque contra comitiva de Dhlakama em Manica

O líder da Renamo, Afonso Dhlakama, disse hoje à Lusa que escapou ileso a um novo ataque em menos de duas semanas na província de Manica, centro de Moçambique.
O ataque ocorreu hoje ao fim da manhã na Estrada Nacional 6 (EN6) em Zimpinga, distrito de Gondola, quando a comitiva da Renamo (Resistência Nacional Moçambicana) seguia para Nampula, segundo o presidente do partido, que falava no local do incidente.
Dhlakama mencionou que três dos seus guardas foram feridos, mas o jornalista da Lusa que se dirigiu para o local observou pelo menos nove mortos, entre os quais dois homens com uniformes da Renamo.
No local, estava também um "chapa" (carrinha de transporte semipúblico) acidentado, cujo motorista morreu, bem como alguns dos passageiros.
Fonte: LUSA – 25.09.2015

2 comentários:

Antonio Ernesto zeca disse...

Nos os residentes da zona centro e norte somos muito patidicos em defesa dos nossos parceiros pensemos no que xtamos fazer para melhor de nos fica feio nos matar ou atacar o lider da renamo virem os canhoes para os mandam neste pais de ladroes nhusi xta viajandoe nunca foi atacado porque e que provocam alguem paseando pelo pais sr

Anónimo disse...

E obvio.mas porque mesmo?
Aonde e que a fds estava enquanto a renamo assasinava pessoas?
Sera que depois do sucedido a forca da renamo ficou no local esperando Pela fds e jornalistas?
Aaaa mas gente pensem comigo.