sábado, março 03, 2018

Araújo apela reconciliação entre Daviz Simango e Afonso Dhlakama

Desde que Daviz Simango foi desvinculado da Renamo, em 2008, a única vez que foi visto publicamente com o líder Afonso Dhlakana foi nas celebrações dos vinte anos da Universidade Católica de Moçambique, na cidade da Beira. 
Tendo em conta o apoio do MDM ao candidato da Renamo na segunda volta das eleições intercalares de Nampula, Manuel de Araújo diz que é chegado o momento para reconciliação pública dos dois líderes, para o bem do país.
Fonte: O País – 03.03.2018