segunda-feira, abril 10, 2017

Representante do Estado nos municípios é algo que não entendo

Diz-se que um Presidente dum município não representa o Estado na sua zona de jurisdição. Porquê não representa ou não pode representar? Será porque o Presidente do Conselho Municipal é eleito pelo povo? E se é isso, porquê o Presidente da República é representante máximo do Estado no país uma vez que é eleito nos mesmos moldes que o Presidente do Município é eleito?


Em Nacala-Porto, minha cidade, o primeiro Presidente eleito do Conselho Municipal foi o Geraldo Caetano e apenas transitou de Presidente do Conselho Executivo da Cidade. Caetano ficou no mesmo gabinete com uma foto do Presidente da República como as regras ditam. Nas eleições de 2003, venceu Manuel dos Santos, da Renamo, e, ficou naquele gabinete e lá com a foto do Presidente da República. Só que foi no mandato da Renamo que se monta a tal representação do Estado com a nomeação de Ossufo Chale a administrador do distrito de Nacala-Porto. Mas esta governação paralela veio provar que o tal representante do Estado estava a ensaiar para a candidatura a Presidente do Munícípio, esse posto que se considera não representar o Estado. Que ilação tiramos?

1 comentário:

wilson angelo alfredo disse...

Frelimo é malandro!