sábado, março 05, 2016

Yá-Qub Sibindy diz que o país precisa voltar as Urnas para eleger novo Líder

A crise política e militar que o país vive, juntou na quarta-feira passada, partidos com e sem assentos parlamentares. Onde o objectivo era único, a busca da solução.
O presidente do partido Independente de Moçambique (PIMO), disse que não estão claras as razões que levam o país a uma segunda guerra. Na sua opinião, o país precisa voltar as urnas para eleger dirigentes que possam evitar a crise política.

Fonte: Mozmassako – 03.03.2016

2 comentários:

Anónimo disse...

Voltar as urnas, em eleições realmente livres e justas, seria uma solução nobre, mesmo que fosse para salvar a vida de uma única pessoa, de um único cidadão. Podemos recorrer a um referendo para decidir sobre a matéria.

nordino alfredo disse...

conflitos xtao demais...